Tecnologia e Inteligência Artificial: o futuro do Direito

Tecnologia e Inteligência Artificial: o futuro do Direito

Máquinas capazes de aprender não tomam o trabalho de advogados – dão suporte a ele

Tema para filmes e livros de ficção científica até há poucos anos atrás, a Inteligência Artificial já revoluciona boa parte das atividades humanas. Dos esportes à saúde (inclusive impulsionada pelo combate ao Coronavírus), a tecnologia que automatiza o processamento de dados dá provas de que chegou para ficar. Uma influência que abraça também a área do Direito.

A grande notícia é que, para os maiores especialistas no assunto, as previsões de uma Inteligência Artificial que substituiria o trabalho humano não se provaram corretas. Pelo contrário: ela é uma ferramenta que confere mais produtividade, segurança e tempo ao profissional de advocacia – além de acelerar o próprio Sistema Judiciário.

De fato, milhares de escritórios de advocacia no Brasil e no mundo já usufruem das vantagens que tecnologia e Inteligência Artificial tem a oferecer. Ao automatizar procedimentos demorados como a pesquisa jurídica e a elaboração de relatórios, tais escritórios dão aos advogados mais disponibilidade para fazer o que melhor sabem: advogar.

Como a tecnologia e a Inteligência Artificial influenciam a prática jurídica?

Assim como esportes de alta performance usam a IA para aprimorar a performance dos atletas e a área da saúde para identificar os grupos mais vulneráveis ao Coronavírus, o campo jurídico tem na Inteligência Artificial uma grande oportunidade: obter mais controle sobre todas as atividades do escritório enquanto reduz custos e aumenta a produtividade.

A tecnologia de Inteligência Artificial consegue processar um enorme volume de dados rapidamente e, com habilidades cognitivas semelhantes à mente humana, aprende a “melhorar” as tarefas de coletar, pesquisar e analisar as informações. Em uma área com tantos dados e nuances complexas como é o campo jurídico, isso representa um enorme ganho de tempo.

Atividades repetitivas como monitorar processos, controlar intimações, gerenciar contratos e fazer a pesquisa jurídica, por exemplo, são facilitadas pela Inteligência Artificial. Veja que nada disso tira o poder de decisão do advogado: na verdade, lhe dá mais embasamento e segurança para oferecer o melhor atendimento ao cliente.

Assim, uma plataforma de tecnologia e Inteligência Artificial como o software jurídico atua como um assistente que acelera e dá mais precisão a diversas atividades cotidianas do escritório – e um suporte para solucionar casos e tomar decisões.

Como funciona a Inteligência Artificial para softwares jurídicos?


No caso de softwares jurídicos como o da Vios Tecnologia, a Inteligência Artificial atua tanto para otimizar o trabalho da equipe de profissionais do escritório quanto para auxiliar o gestor a administrá-lo – concedendo uma visão ampla e clara sobre tudo o que o ocorre na empresa.

Saiba um pouco mais sobre o que o software tem a oferecer:

Gerenciamento de tarefas e atendimento 🡪 O software jurídico integra os dados e permite que diferentes departamentos do escritório comuniquem-se e atualizem as informações sobre cada processo em tempo real, dando mais agilidade e confiança ao fluxo de trabalho. O gestor também tem acesso a indicadores de performance de cada colaborador e área da empresa, facilitando a coordenação das tarefas, e fica a par de todas as liminares, sentenças e acordos. Com alertas personalizáveis, nenhum prazo é perdido.

Além de tudo isso se refletir em um melhor atendimento aos clientes, o software ainda dispõe de um Dashboard que dá acesso imediato a todos os dados de cada processo em que o escritório atua – uma facilidade substancial na busca por informações. O mesmo sistema informa a situação contratual de cada cliente, o número de horas dedicadas a cada caso e outras informações que dão uma visão global ao gestor.

Armazenamento de dados de forma segura 🡪 Um dos grandes desafios da área jurídica é fazer a análise intelectual do conteúdo de cada documento que diz respeito a cada caso – e isso incluía, no passado, armazenar estas informações em enormes arquivos com pilhas de pastas e papeis. O software jurídico acaba com a necessidade do arquivamento físico, guardando os dados na nuvem de forma totalmente segura e ainda conferindo muito mais agilidade à busca por informações.

Não só os detalhes minuciosos de cada processo podem ser acessados rapidamente como também as informações financeiras do escritório podem ser melhor controladas – despesas, honorários, fluxo de caixa. O software controla o histórico de processos, os serviços que foram prestados e as contas que precisam ser quitadas pelos clientes, emitindo boletos de cobrança e os devidos comunicados. 

Tecnologia e IA são o futuro do direito

A transformação digital que acompanha o advento da Inteligência Artificial já está ocorrendo nos esportes, na saúde, na segurança, nos negócios e também no Direito. Softwares jurídicos com processos intuitivos como o que é oferecido pela Vios Tecnologia criam um cotidiano mais ágil e produtivo nos escritórios de advocacia – e permitem um foco maior dos profissionais em ações estratégicas e intelectuais.

Para Andrew Arruda, co-fundador da empresa canadense de Inteligência Artificial ROSS Intelligence, a IA não só cria mais espaço para os profissionais de advocacia como universaliza o acesso à Justiça. Um exemplo claro é a otimização da pesquisa jurídica que, sem a IA, toma em média 1/5 do tempo de um advogado segundo Arruda – e eleva consideravelmente seus honorários.

Sob inúmeros pontos de vista, tecnologia e Inteligência Artificial trazem benefícios para advogados, clientes e Sistema Judiciário.

Conheça todas as funcionalidades do software jurídico da Vios Tecnologia! 

Comments

comments

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *