Como reduzir o tempo na geração de relatórios jurídicos para as empresas

Como reduzir o tempo na geração de relatórios jurídicos para as empresas

como_gerar_relatórios_viosColetar informações e elaborar relatórios são atividades que tomam tempo na rotina dos escritórios de advocacia e departamentos jurídicos que já se ocupam diariamente com
questões como cuidar da previsibilidade do passivo das empresas. Estas atividades se tornam ainda mais dispendiosas porque também exigem atualização frequente do conteúdo produzido.

Apesar da importância dos relatórios, é trabalhando nas questões técnicas e teses que as equipes jurídicas fazem a diferença para as empresas. Por isso, uma saída para reduzir o tempo dedicado à elaboração e atualização dos relatórios é utilizar sistemas que tenham a lógica de processos.

Como escolher o sistema

Um sistema que funcione sob a lógica de processos tem como premissa básica que o trabalho anterior prepara o passo seguinte. Na medida em que as informações são inseridas, as telas e relatórios vão sendo “povoadas”, gerando informação relevante para o usuário, seja em forma de um relatório, seja com o envio automático de um alerta sobre um prazo que vai vencer, por exemplo.

Na hora de escolher qual sistema usar é importante sempre lembrar que os sistemas devem servir as pessoas e não o contrário. Isso significa que ele deverá atender com facilidade todas as necessidades do Escritório de Advocacia ou da empresa.

Ter atenção sobre as informações necessárias, evitarão dores de cabeça futuras sobre a montagem de relatórios. Informações como a qual departamento pertence determinada ação, quais os centros de custos, quais os pedidos, quais os advogados, quais as cidades, quais as varas, qual a parte contrária, valor pedido pela parte contrária, percentual de êxito, entre outras, ajudam a equipe técnica de tecnologia a criar bons relatórios e gerar boas informações.

Na esfera trabalhista, é possível identificar a área das empresas tem gerado o maior número de demandas trabalhistas, possibilitando aos advogados e gestores a dotação de medidas preventivas.

Em contenciosos de massa é possível extrair dados estratégicos, como regiões com o maior número de demanda, valor médio de condenação por magistrado ou foro que servem para dimensionar e provisionar o eventuais perdas.

São todas estas informações que servirão para que a empresa e o departamento jurídico ou escritório de advocacia que lhe atende estudem detalhadamente suas atuações.

Interessado em utilizar um sistema eficiente? Acesse nosso site e conheça o Vios Jurídico.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *