Existe uma forma ideal de gerenciar o jurídico das empresas?

Existe uma forma ideal de gerenciar o jurídico das empresas?

gerenciar o jurídico das empresas
A gestão do departamento jurídico depende de uma boa formação acadêmica, experiência de mercado, cursos e eventos de atualização

Nos mais variados ramos de atuação, o bom funcionamento do departamento jurídico de uma empresa é algo fundamental para que haja uma boa gestão empresarial. Independente do campo, o arcabouço legal do Brasil é complexo e inseguro, o que faz com que entidades, empresas e profissionais tenham que se proteger de diversas formas.

Dependendo do ramo de atividade, as empresas podem ter campos do Direito mais importantes para suas tarefas do que outros. Empresas de software, por exemplo, precisam de proteção de Capital Intelectual; já empresas que exportam e importam produtos precisam de Direito Legal e Tributário. E tem ainda as empresas com uso de mão de obra intensiva que necessitam de Direito do Trabalho. Independente do ramo, o advogado em questão deve estar o mais capacitado possível para gerenciar o jurídico de qualquer empresa da melhor forma. Essa capacitação deve ser resultado de uma boa formação acadêmica, além de experiência de mercado, cursos e eventos de atualização, entre outros.

Outro ponto importante que precisa de destaque é a postura do profissional. Provavelmente empresas que necessitam de negociações com outras empresas (recuperação de ativos) tenham uma postura mais agressiva, por outro lado, empresas com relações internacionais ou relações com acionistas, tenham posturas mais negociáveis.

Eleito o modelo de gestão do departamento jurídico, sendo este complexo ou enxuto, deve-se passar a compor as equipes internas de trabalho. Uma das missões mais difíceis na área de recursos humanos é a de administrar os talentos dos advogados, quer em um escritório de advocacia, quer em um departamento jurídico. Assim, o coordenador do departamento jurídico deve apresentar um alto grau de habilidade para alcançar um bom resultado com sua missão. Importante lembrar que o número de advogados por área ou células de trabalho vai depender do volume de trabalho demandado pelos outros departamentos.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *